tl-drExiste uma grande diferença entre o conteúdo que queremos consumir, o conteúdo que podemos consumir e aquele nós conseguimos consumir. Por isso que meu Pocket foi criado há pouco tempo e existem mais de 550 artigos que "deixei pra ler depois" e não faço ideia de quando conseguirei diminuir esse número.

E isso acontece o tempo todo, quem nunca marcou um tuíte como favorito para ler o que havia no link depois? O problema é que deixamos muitas coisas para depois e acabamos que nunca consumimos aquilo - a maioria são textos maiores que o comum. Talvez seja falta de tempo, porém recentemente tenho percebido que estou mais preguiçoso para leitura e talvez isso pode estar acontecendo com você.

Prefiro acompanhar um canal do YouTube do que um blog inteligente. Não que os canais do YouTube não produzam um conteúdo inteligente, mas o consumo desse tipo de conteúdo é mais "automático", eu diria. Não nos focamos tanto em um vídeo quanto nos focamos em um texto.

Tenho lido alguns artigos que tratam desse assunto, da dificuldade de focar em textos longos, muita gente deixou o hábito de ler livros simplesmente por dificuldade em conseguir se focar na tarefa. É um dos problemas que o excesso de conteúdo nos traz, queremos as coisas o mais rápido possível e um texto mais longo desanima logo de cara.

Em compensação, existe muita gente trabalhando no sentido contrário, de artigos mais elaborados e acho que acompanhar esses blogs é a melhor alternativa para tentar voltar a ler textos maiores com mais frequência, uma dica é começar a acompanhar o Medium. Também gosto bastante do LongReads e do Narratively. O negócio é tirar o botão do Pocket do navegador e ler na hora.