google-readerSempre usei bastante o serviço de RSS/Feeds e assim como a maioria, eu usava o Google Reader, que infelizmente terá seu fim decretado a partir de agora, o último dia de funcionamento dele foi ontem, dia 1 de julho. E sim, eu esperei até o último dia para parar de usá-lo e migrar para outro serviço, mas antes disso eu já tinha efetuado o backup de todas as minhas assinaturas, que a propósito não são poucas.

Certamente sentirei bastante falta do Reader, ele tinha a interface que eu já estava acostumado, contava com as funções que eu precisava para ler as minhas notícias e era simples o suficiente. Sem ele, testei várias opções. Me cadastrei para o beta do Aol Reader, rapidamente recebi o e-mail para poder usá-lo, testei também do Feedly, acredito que seja uma das alternativas mais famosas, também testei o Digg Reader, NewsBlur e NetVibes.

Todas as opções tem seus pontos fracos e fortes e nenhum deles chegou a me agradar a ponto de querer parar de usar o Google Reader. Se ele ainda existisse, mesmo que com funções mais limitadas, certamente não teria migrado para nenhum desses serviços.

Na verdade, eu gostei muito do Digg Reader, tem uma interface bacana, é simples e bem organizado, mas ele pecou em algo que para mim é essencial. Não tem contagem de quantos itens não lidos você possui. Isso mesmo, não tem contador! Como que um leitor RSS não tem um contador de quantos itens faltam para ler? Parei de usar na hora, se eles adicionarem o recurso, darei mais uma chance.

O NewsBlur não me interessou pela sua interface, achei ele um pouco feio e lento, além disso há limitação para contas gratuitas, elas podem ter até 64 assinaturas, o que não é o suficiente para mim e é quase certo que uma hora você também passará esse número, entretanto, as assinaturas ilimitadas custam apenas US$ 24 por ano.

O NetVibes é bacana, ele permite que você coloque alguns widgets para sites específicos ou então navegue pela maneira tradicional nos seus feeds. A interface dele também não me agradou tanto e procurei por algo um pouco mais simples, acredito que ele seria minha segunda opção.

O(s) escolhido(s)

Tentei também o Aol Reader. Quase perfeito. Tradicional como o Google Reader, não tem nenhum adicional e por isso alguns blogs criticaram um pouco, mas o que eu procurava era apenas um leitor que me permitisse navegar pelas notícias e abrir em uma nova aba aquelas que me interessassem. Ele faz isso muito bem, mas percebi que a contagem de itens não lidos dele não batia com os outros leitores que estava testando ao mesmo tempo, lia em um serviço e no outro marcava tudo como lido, provavelmente é apenas um atraso na atualização dos posts publicados. Enquanto isso estou entre ele e o...
feedly
Feedly. Não curti nem um pouco a ideia de precisar ter uma extensão em meu navegador para poder ler os meus feeds, estava procurando uma solução web, mas eles lançaram o Feedly Cloud que permitiu o uso acessando o site. Por enquanto é o que eu estou usando mais, enquanto vejo se o Aol Reader não tem nenhum problema com a atualização dos itens. Ele possui diversas opções de visualização, uso a mais tradicional, que deixa parecido com o Reader. Uma vantagem é o aplicativo disponível para Android, enquanto o Aol Reader deverá lançar ainda.

Concluindo

Temos muitas opções, depois do fim do Reader muitos serviços apareceram como alternativa e outros foram criados, como caso do Digg Reader e do Aol Reader. Enquanto isso ficarei com esses dois serviços e ficarei de olho no serviço do Digg, se por um acaso eles adicionarem o contador, como muitas pessoas estão pedindo, darei uma chance para o serviço que para mim tem de longe a melhor interface.