comprar-internetMuitas vezes compramos aparelhos eletrônicos pela internet, é um dos meios mais fáceis atualmente. Como nenhum processo está isento de defeitos, eventualmente temos que encaminhar tais aparelhos para a assistência técnica na modalidade garantia.

Devemos ficar atentos ao modo como é conduzido esse procedimento de garantia, algumas regras devem ser observadas pelo cliente para com o fornecedor. Regras estas que visam facilitar e tornar mais cômodo o, já incômodo e difícil, fato de ter em mãos um equipamento com defeito.

  • O fabricante do equipamento é responsável pela garantia legal, podendo então ser encaminhado diretamente a ele para reparo, porém não isentando a responsabilidade solidária do fornecedor.
  • O custo de envio do equipamento para a garantia é do fabricante, mas ainda observando a responsabilidade solidária do fornecedor.
  • O equipamento não deve ultrapassar 30 dias corridos em manutenção.
  • O equipamento deve retornar com o problema solucionado, independente de voltar antes de transcorrido os 30 dias.
  • No caso contrário às duas situações anteriores pode-se exigir alternativamente: à substituição do equipamento, o abatimento proporcional no preço ou a restituição do valor pago.

Deve-se sempre manter em posse os documentos: nota fiscal de compra, nota de postagem, parecer da assistência técnica e demais documentos inerentes à situação.

Lembrando que é possível contar com o auxílio do PROCON e CODECON sempre que sentir-se lesado ou não conseguir lidar com alguma situação.

Espero poder ajudar em eventuais situações. Lembrando que no caso em concreto pode haver alguma variação dessas descritas, pois cada caso é um caso.
__________________________________________________________________________________________________________________
Texto de João Fante (@joaofante / [email protected])
Informações retiradas do site do Procon
E amparado ao Código de Defesa do Consumidor