Se você já conhece o mundo do Linux, com toda a certeza você já ouviu falar do Gnome. Se você ainda não o conhece, esse post é para você.

O Gnome (Gnu Network Object Model Environment) é um projeto de software livre que visa oferecer um ambiente completo de trabalho aos usuários. Disponível para Linux, Unix e BSD, é, juntamente com o KDE, um dos ambientes desktop mais populares nos computadores com Linux e está presente na grande maioria das distribuições.

gnome1

Gnome 1, lançado em 1997

Criado em 1997 por Miguel de Icaza e Federico Quintero, dois hackers mexicanos que tinham o objetivo de criar um ambiente de trabalho que fosse acessível a todos, o Gnome possui três princípios básicos:

  • Usabilidade: É tido como um dos ambientes mais fáceis da plataforma *Nix.
  • Acessibilidade: O Gnome possui vários programas dedicados à questão da acessibilidade, como o leitor de telas.
  • Internacionalização: O time de tradução do Gnome já o disponibilizou em mais de 160 idiomas.

Gnome 2, a versão mais popular do projeto

O projeto chamou a atenção de várias empresas, que começaram a liberar investimentos, uma vez que, com um ambiente de trabalho sólido, elas poderiam encontrar uma alternativa mais barata em relação ao Windows e ao Mac. Tendo em vista essa alta procura, os desenvolvedores do Gnome criaram em 2000 a Gnome Foundation, uma fundação sem fins lucrativos que visa garantir que o projeto continue no caminho ao qual foi proposto.

 


GNOME 3

A versão número 3 do ambiente Gnome, muito aguardada nos últimos dois anos, foi lançada no dia 7 de abril de 2011. Ela trouxe diversas mudanças, sendo a principale a adoção do Gnome Shell ao invés do velho painel.

Visão geral do Gnome 3

Menu de aplicações do Gnome3


Ubuntu Unity

O Unity é o ambiente desenvolvido pela Canonical para ser usado no Ubuntu como ambiente padrão a partir da versão 11.04.
É baseado no Gnome e se parece muito com a atual versão.

Ubuntu 11.04 com o Unity


Para saber mais

Não deixe de visitar: site oficial do Projeto Gnome e o site do Gnome 3.