Lançar versões compactas de seus topos de linha faz parte da estratégia de algumas fabricantes, a aposta é interessante mas costuma deixar os consumidores frustrados já que os aparelhos sempre possuem especificações mais básicas. A Sony decidiu fazer diferente com o Z3 Compact e manteve a maioria dos componentes do seu irmão maior. Será que deu certo? É o que contarei neste review.

Design e Construção

O Z3 Compact compartilha do design do Z3 e segue a linha OmniBalance, utilizada há algum tempo pela companhia. As linhas são elegantes e a construção de vidro completa o estilo do celular. Ao contrário do seu irmão maior, que utiliza metal nas bordas, o Compact utiliza plástico – que apesar de parecer mais barato, deu uma pegada mais confortável e segura.

As entradas para o cartão microSD de até 128 GB, chip Nano SIM e mini USB estão escondidas na parte esquerda, é preciso puxar a portinha para encontrá-las. Por vezes, me irritei com essas portas já que mesmo depois de encaixadas abriam sozinhas durante o uso do aparelho. É preciso fechá-las com firmeza para que isso não aconteça. Elas estão ali para proteger o celular, que é a prova d'água, com certificação IP68, que garante a possibilidade de deixar o aparelho sob a água por 30 minutos a 1,5 metro de profundidade sem danificá-lo.

  • Sony-Xperia-Z3-Compact (2)
  • Sony-Xperia-Z3-Compact (3)
  • Sony-Xperia-Z3-Compact (4)
  • Sony-Xperia-Z3-Compact (5)
  • Sony-Xperia-Z3-Compact (7)
  • Sony-Xperia-Z3-Compact (8)
  • Sony-Xperia-Z3-Compact (10)
  • Sony-Xperia-Z3-Compact (12)

 
Ainda no lado esquerdo há o conector para o dock, que é vendido separadamente. Do outro lado estão os botões liga/desliga, controles de volume, um botão dedicado de duas fases para a câmera. Na parte de cima encontramos a entrada para o fone de ouvido e os dois alto falantes marcam presença na parte frontal, tornando a experiência de escutar músicas e assistir vídeos mais confortável.

Tela

O nome do aparelho sugere que ele é compacto, mas sua tela não é tão pequena. São 4.6 polegadas com tecnologia IPS LCD, resolução HD de 1280×720 pixels, cores bem equilibradas e bom ângulo de visão. No geral, é uma tela que agrada e está dentro das expectativas para um smartphone na faixa de preço do Z3 Compact. As tecnologias de telas da Sony como a Triluminos e Live Colour LED estão presentes para tornar as cores mais vibrantes, mas se você preferir cores mais sóbrias basta desativar os recursos.
Sony-Xperia-Z3-Compact (6)
Continuando sobre o tamanho, as 4.6 polegadas ainda deixam o celular bem compacto, é fácil segurá-lo e manuseá-lo com apenas uma mão. Para quem está acostumado com aparelhos maiores, é estranho a sensação inicial. E para quem está saindo de um celular ainda menor, como um iPhone, não encontrará muitas dificuldades para lidar com as novas dimensões.

Câmera

A câmera impressiona pelos números, são 20.7 megapixels, sensor de 1/2,3 polegada – mesmo tamanho de sensor presente em câmeras compactas – e sensibilidade alta com ISO 12800, além de gravar em 4K. Na prática, o resultado decepciona. A câmera não é ruim: as fotos são decentes, mas com tamanhas especificações é normal criar uma grande expectativa.

  • Camera-Z3-Compact (9)
  • Camera-Z3-Compact (8)
  • Camera-Z3-Compact (7)
  • Camera-Z3-Compact (6)
  • Camera-Z3-Compact (5)
  • Camera-Z3-Compact (4)
  • Camera-Z3-Compact (3)
  • Camera-Z3-Compact (2)
  • Camera-Z3-Compact (1)

 

O aplicativo da câmera é competente, traz uma série de recursos tanto para aqueles que querem sacar o smartphone do bolso e tirar uma foto, quanto para aqueles que querem fuçar um pouco mais nas configurações. Ele entende bem as condições para o modo automático, mas seja qual for a situação as cores não são tão vivas e em ambientes mais escuros o ruído estará presente.

Bateria

Os 2600 mAh não são comuns para um aparelho tão compacto e mesmo com uma bateria grande, a Sony conseguiu manter o smartphone muito fino. A bateria me surpreendeu positivamente e em todos os casos durou bastante. Mesmo em um dia de uso intenso, com exibição de mídia, uso do 4G, checagem de emails e leitura werb, é possível chegar às 22 hs e ainda restar 35% de carga. Num uso mais moderado, consegui ficar com o aparelho por dois dias fora da tomada.

Assim como a maior parte de outros dispositivos, ao atingir uma determinada porcentagem de carga restante, o aparelho sugere ativar o modo Stamina. Ao ativá-lo, as conexões do aparelho são desligadas toda vez que ele está em modo repouso, ou seja, com a tela desligada. É bem útil para ganhar uma hora a mais longe da tomada e você pode configurar os níveis de bateria em que deseja ativá-lo automaticamente.

Experiência de uso e Sistema

A Sony é uma das fabricantes que insistem em adicionar sua camada de personalização sobre o Android. A Xperia UI não chega a atrapalhar o desempenho do aparelho, mas também não adiciona nada muito útil. Enquanto temos algumas boas surpresas, a maior partes dos aplicativos pré-instalados não servem para nada. Incluem-se na lista os que valem a pena: o Walkman, player de música bem completo, bem como os outros aplicativos de multimídia da Sony. Entre aqueles que não deveriam estar: alguns jogos em versões de teste, LinkedIn, Kobo, Garmin Navigation, entre outros apps que nunca utilizarei. Além disso, o visual também está atrasado, talvez já tenha passado da hora da companhia se alinhas com a tendência flat.
Sony-Xperia-Z3-Compact (9)
A barra de notificações traz um menu de configurações rápidas, quase que idêntica ao do Android puro. A novidade é que você pode customizar o posicionamento dos botões, além de adicionar ou remover aqueles que você preferir. A grade de aplicativos também tem um facilitador: ela permite ordenar os aplicativos por ordem alfabética ou por ordem de uso.

Aos donos do PlayStation 4, esse smartphone possui um recurso para jogar através streaming, inclusive com suporte ao controle DualShock 4. A ideia da Sony é você levar seu console para qualquer lugar, mas é claro que para isso você precisará de uma boa conexão.

O processador Qualcomm Snapdragon 801 Quad-core de 2.5 GHz dá conta do recado com tranquilidade, este é inclusive o chip que equipa a maior parte dos smartphones topo de linha atualmente. Durante todos os dias de uso, o aparelho não apresentou engasgadas ou travamentos. Apesar de possuir 1GB de memória RAM a menos do que o seu irmão maior, isso não mostrou ser um ponto extremamente negativo.

Especificações Técnicas

  • Processador: Qualcomm Snapdragon 801 Quad-core 2.5 GHz Krait 400;
  • Memória RAM: 2 GB;
  • Tela: IPS LCD de 4.6 polegadas com resolução de 720 x 1280 pixels (~319 ppp – pixels por polegada);
  • Câmera: 20.7 megapixels, filma em 4K (autofocus, LED flash);
  • Câmera frontal: 2.2 megapixels, filma em 1080p;
  • Bateria: 2.600 mAh;
  • Conectividade: 4G, Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac, A-GPS, NFC, Bluetooth 4.0 e USB 2.0;
  • GPU: Adreno 330;
  • Memória externa: suporte micro-SD de até 128GB;
  • Memória interna: 16 GB;
  • Dimensões: 127.3 x 64.9 x 8.6 mm;
  • Peso: 129 gramas;
  • Plataforma: Android 4.4.2 Kit Kat com atualização garantida para a versão 5.0 Lollipop;
  • Sensores: acelerômetro, giroscópio, proximidade, compasso e barômetro.
  •  

    Design e Construção: 9

    Bateria: 10

    Tela: 8

    Desempenho: 9

    Sistema: 8

    Câmera: 7

    Custo-Benefício: 7

    Geral: 8,5

    Preço

    O Sony Xperia Z3 Compact chegou ao mercado com preço sugerido de R$ 2.099 – valor alto se comparado a outras alternativas de smartphones compactos. No entanto, não podemos esquecer que o restante das especificações são superiores. Atualmente é possível encontrar o celular por cerca de R$ 1.800 e se você ficar de olho em promoções ele chega a custar R$ 1.500.

    Pontos Positivos

    Bateria: ótima duração;
    Design: aparelho muito elegante;
    Desempenho: ótimo desempenho e boas especificações técnicas para um aparelho compacto.

    Pontos Negativos

    Câmera: apesar de ser boa, decepcionou;
    Sistema: cheio de aplicativos desnecessários.

    Conclusão

    Sony-Xperia-Z3-Compact (11)
    Se você procura um celular compacto mas que não deixe de ter boas especificações e um ótimo desempenho, eis uma boa escolha. O Z3 Compact tem uma bateria com duração invejável, tela satisfatória e uma boa câmera apesar das ressalvas. No entanto, o preço dele ainda é alto, se compararmos com alguns concorrentes o custo benefício não pode ser o ideal. A palavra final é: se o que você procura é mesmo um smartphone pequeno e potente, o Z3 Compact é a melhor escolha. Já se você não se importar tanto com o tamanho, talvez valha a pena olhar alguns outros modelos com preços semelhantes... Ou até menos (como o Moto X 2014).