Celulares Android e Windows Phone de baixo custo tem sido a porta de entrada aos smartphones para muitas pessoas. A popularização dos celulares inteligentes tem gerado interesse nos tablets, que carecem de modelos bons e baratos. O AOC Breeze 7 é voltado justamente para o público que busca as configurações básicas, mas não estão dispostos a gastar muito. O tablet chama atenção pelo preço, é possível encontrá-lo por cerca de R$ 250 nas maiores lojas de varejo. É natural torcer o nariz quando um produto parece barato demais, mas de vez em quando nos surpreendemos. Contarei nos próximos parágrafos as minhas impressões sobre o AOC Breeze 7 Y2241.

Especificações Técnicas

  • Processador: Amlogic MXS 1.2 GHz Dual Core;
  • Memória RAM: 1 GB;
  • Tela: LCD de 7 polegadas com resolução de 1024 x 600 pixels;
  • Câmera: apenas frontal, 0,3 megapixel;
  • Bateria: 4000 mAh.
  • Memória externa: microSD de até 32 GB;
  • Memória interna: 4 GB;
  • Dimensões: 19 cm (altura) x 12 cm (largura) x 1 cm (espessura);
  • Peso: 333 gramas.
  • Plataforma: Android 4.1 Jelly Bean;
  • Sensores: G-sensor (sensor de gravidade): integrado, suporta rotação de tela.

Design e construção

Para um produto da categoria do Breeze 7 o acabamento dele é bem feito. As bordas largas na parte frontal não incomodam tanto e ele é bem minimalista. No entanto, na parte traseira a discrição é deixada de lado, a marca "AOC" é destacada, junto com o selo da ANATEL que poderia estar mais escondido.

O alto falante também está na parte traseira, deixá-lo sobre a mesa para assistir vídeos ou escutar músicas irá abafar o som. Os botões e entradas aparecem apenas na parte de cima, lá estão o botão liga/desliga, opções do volume, entrada para o fone de ouvido, entrada microUSB e a entrada para cartão de memória.

Tela

Em muitos momentos – até em ambientes mais escuros – a tela mostra muito reflexo mesmo com o brilho no máximo, certamente o maior defeito do tablet. Ela também possui ângulo de visão bem limitado e por esses dois fatores, ler por um longo período pode ser mais desgastante do que o normal. Apesar disso, as cores se mostram vivas e a resolução é suficiente para consumo de alguns conteúdos.

Para compensar a falha, o touchscreen se mostrou muito competente – multitouch e bem sensível. Em tablets dessa faixa de preço é comum que o touch seja resistivo, ou seja, funcione pela força. Quem já teve contato com tablets mais baratos, sabe que a experiência costuma ser diferente.

Imagens do Aparelho

Câmera

Ele não possui câmera traseira, mas isso não faz tanta falta, são raras as ocasiões onde você irá desejar tirar uma foto com o seu tablet. A câmera frontal possui resolução de 0.3 megapixel, qualidade baixa e está presente apenas para quebrar um galho, o melhor uso é para uma conferência em vídeo.

Bateria

Os 4.000 mAh de capacidade da bateria são o suficiente para utilizar o tablet por um dia inteiro sem precisar carregá-lo. Para o uso cotidiano essa é a média que se pode esperar de um aparelho como esse. Reproduzindo um filme no Netflix com o brilho no máximo, ele ficou ligado 4 horas até que chegasse ao mínimo da carga.

Sistema

A AOC utiliza o Android 4.1 Jelly Bean no Breeze 7, apesar de ser uma versão mais antiga ela conta com o suporte a praticamente todos os aplicativos disponíveis. Felizmente não há nenhuma camada de personalização visual do sistema, apenas alguns aplicativos pré-instalados: o Adobe Reader, Facebook, um leitor de e-books, gerenciador de arquivos próprio, a loja de aplicativos AOC App Store e um player de vídeo.

A AOC App Store na teoria é uma boa ideia, mas na prática não oferece nada tão positivo. A maioria dos aplicativos que aparecem por lá estão disponíveis também na Play Store, com exceção de alguns utilitários e jogos exclusivos.

Desempenho geral

Ter 1GB de memória RAM faz diferença para o Breeze 7, que na maioria das vezes mostrou um bom desempenho, apesar de nem sempre ser tão fluida. Alguns engasgos aqui e ali na hora de alternar entre os aplicativos são comuns, mas durante tarefas básicas como navegação, leitura e consumo de mídia ele dá conta do recado. Existe uma deficiência na hora de rodar games, o que é natural para especificações modestas, mas alguns jogos rodam muito bem, como o Jetpack Joyride, Don't Tap the Wite Tile, Candy Crush, Angry Birds, entre outros.

Pontos Positivos

Desempenho, pela sua faixa de preço, apresenta desempenho razoável;
Touchscreen, tablets nessa faixa de preço costumam apresentar tela com pouca sensibilidade, ao contrário do AOC Breeze 7;
Bateria, dura o suficiente para o uso cotidiano;
Custo-benefício, aparelho barato com mais pontos positivos, do que negativos.

Pontos Negativos

Tela, possui muito reflexo e ângulo de visão limitado;
Câmera, não possui câmera traseira e a frontal é de baixa qualidade.

Conclusão e Notas

Se você não procura por um alto desempenho e quer um tablet bom e barato, o AOC Breeze 7 é uma opção a considerar. Ele é capaz de realizar com tranquilidade as tarefas mais básicas, como dito anteriormente. O maior pecado é a tela de baixa qualidade, basta ter um pouco mais de luz no ambiente para que os reflexos atrapalhem. De forma geral, o produto oferece um bom custo-benefício.

Design e construção: 7
Bateria: 7
Tela: 5
Desempenho: 7
Sistema: 8
Câmera: 5
Custo-benefício: 8

Avaliação final: Nota 7 de 10.