O Nokia Lumia 710 certamente é o Windows Phone 7 mais barato do mercado atualmente e um dos que mais chama a atenção por conta de seu baixo preço, recentemente muitas lojas abaixaram o valor dele. O aparelho me surpreendeu em relação ao seu desempenho e o sistema da Microsoft é muito melhor do que seus concorrentes em alguns pontos, mas infelizmente, ainda possui alguns defeitos, mas que talvez não seja algo que importa tanto para você.

O aparelho já conta com o Windows Phone 7.5 Mango, a versão mais recente do WP7, que trouxe muitas melhorias. A tendência é que, nas próximas versões do sistema, a Microsoft corrija alguns probleminhas que encontrei pelo caminho, o sistema tem tudo para dar certo, possui uma interface diferente e bastante amigável para todos os tipos de usuários, até mesmo aqueles que não tiveram tanto contato com smartphones antes.

Especificações Técnicas

Apesar do seu preço, o Lumia 710 não deixa a desejar quando estamos falando de especificações técnicas, a MS impôs um padrão de hardware que o aparelho deve seguir para poder rodar o seu sistema. Ele possui processador Qualcomm MSM8255 Snapdragon single-core de 1.4 GHz (que dá conta do recado), 512MB de memória RAM, 8GB de espaço para armazenamento interno, sem entrada para cartão microSD, câmera de 5 megapixels com flash de LED, gravação de vídeos em HD (720p), tela de 3.7 polegadas de TFT com resolução de 480 x 800 pixels e vidro Gorilla Glass à prova de riscos, ele conta também com a tecnologia Nokia ClearBlack display, tudo isso alimentado por uma bateria de 1300 mAh. As dimensões dele são: 119 x 62.4 x 12.5 mm, pesando 125.5 gramas.

Imagens do Aparelho

Câmera

A câmera faz fotos nas resoluções de 5 megapixels (proporção 4:3) e 4 megapixels (16:9), grava em HD 720p, não é lá essas coisas, porém para um aparelho mid-end possui boa qualidade. O celular possui um botão na lateral dedicado apenas para a câmera, uma opção interessante e que ajuda muito na hora de tirar fotos, inclusive senti falta dele quando voltei para o meu aparelho. O único problema que encontrei na câmera é que ela não possui um foco automático quando apertamos o botãozinho para tirar a foto, é preciso segurar ele levemente, esperar o foco e aí sim, tirar a foto. A qualidade das imagens com zoom e em pouca iluminação (apesar do flash de LED) deixa a desejar, infelizmente.

Bateria

Confesso que me surpreendi com a duração da bateria dele, achei que iria durar menos, outros aparelhos possuem uma performance melhor neste quesito, mas foi bem satisfatório. Com o uso do aparelho de moderado para intenso, apenas na conexão Wi-Fi ele conseguiu aguentar um dia e meio longe da tomada, nos dias em que não usei tanto, durou dois dias completos, mas restando apenas 5% de carga. Já conectado ao 3G e alternando de vez em quando para o Wi-Fi ele aguentou o dia inteiro, restando apenas 20% da bateria ao final da jornada, isto é, com uso de moderado para intenso, ou seja, escutando música em boa parte do tempo, navegando e reproduzindo alguns vídeos de vez em quando. A bateria dele não aguenta muito tempo no uso direto de reprodução de vídeos e navegação web, em cerca de 4 horas e meia você terá que conectar o seu Lumia 710 em uma tomada.

Navegação e desempenho geral

A navegação pelo sistema é muito fluída, o aparelho não travou nenhuma vez em meus testes, nem mesmo quando alternava rapidamente entre vários aplicativos, inclusive jogos. O processador single-core de 1.4 GHz dá conta do recado. As animações e o visual geral do Windows Phone 7 agrada bastante, a maioria dos aplicativos também possuem uma interface legal, talvez essa seja um dos pontos mais positivos do WP7.

A facilidade de uso também é impressionante, foi o meu primeiro contato com um aparelho com o sistema da Microsoft e nada foi difícil de aprender, tudo bem fácil e intuitivo, já estou acostumado com o Android e iOS e não senti nenhuma dificuldade para realizar as tarefas, só demorou um pouco para descobrir que o multitarefa dele funciona quando apertamos e seguramos o botão "voltar".

A navegação web também é bem agradável, o Internet Explorer presente no aparelho é bem diferente daquele que temos nos desktops quando estamos falando em desempenho, a visualização das páginas já traz certas otimizações para que a leitura fique mais fácil, a fonte dos artigos dos sites ficam um pouco maiores do que o resto do conteúdo que não interessa tanto.

Apps, funções e multimídia

Agora chegamos na parte em que o aparelho não agrada tanto, ou melhor, o sistema não agrada. O Windows Marketplace já chegou aos 100 mil aplicativos publicados, é bastante coisa pra pouco tempo, foram apenas 20 meses para atingirem essa marca, mas mesmo assim ainda falta muita coisa para alcançar a AppStore e a Google Play.

Ele possui praticamente todos os aplicativos essenciais, mas senti falta de alguns como por exemplo o Last.fm. O aplicativo está lá, mas não faz scrobble, ou seja, não funciona como deveria funcionar. O aplicativo do Twitter precisa de muitas melhorias, a interface é legal, mas ainda é lento para atualizar a timeline. Fora isso, há aplicativos alternativos para muitas coisas, mas ainda falta a variedade que existe nas lojas de apps dos concorrentes. Esse problema de falta dos aplicativos será resolvido com o tempo, aos poucos a plataforma está ganhando mais atenção dos desenvolvedores. Pode ser que, para alguns usuários este ponto não conte tanto, antes de comprar vale a pena dar uma pesquisada se todos os apps essenciais para você estão disponíveis para o Windows Phone 7.

O WP7 também não possui um sistema de notificações tão bom assim, para receber avisos de novas mentions, interações no Facebook ou algo do tipo, é preciso conectar a conta no sistema, e tudo fica reunido em um só lugar, neste ponto eu prefiro o Android e o iOS que se organizam de uma forma diferente.

A reprodução de música é bem organizada, o player de música cumpre bem o seu papel, não tem nenhum recurso adicional, como alguns que encontramos em alguns players por aí, por exemplo: letras das músicas, equalizador, etc. Na reprodução de vídeos encontrei um problema bem desagradável, quando tentei rodar um vídeo em 1080p (em AVI) o aparelho "travou" muito a imagem.

Preço

O preço do Lumia 710 abaixou faz pouco tempo, na maioria das lojas já é possível encontrá-lo por apenas R$ 800,00, um valor bem em conta para o aparelho que é, certamente compensa caso você esteja procurando por algo mais barato e que irá te oferecer uma boa experiência, a maioria dos Androids nesta faixa de preço irão ter travamentos constantes e te darão dor de cabeça. Em alguns outros lugares e em promoções é possível encontrar o aparelho por até R$ 700,00.

Pontos Positivos

Velocidade e Facilidade, o sistema inteiro é rápido e fácil de mexer
Preço, está bem barato para o que ele oferece
Bateria, durou dois dias inteiros com uso moderado e um dia inteiro com uso mais intenso

Pontos Negativos

Câmera, a qualidade fica muito baixa quando se tem pouca luz e é difícil de ajustar o foco.
Apps e jogos, não há muita variedade de aplicativos e games no Marketplace
Armazenamento, apenas 8 GB sem possibilidade de expansão por cartão microSD

Conclusão

O Windows Phone 7 ainda está amadurecendo, tem muita coisa pra evoluir e melhorar, mas mesmo assim é uma boa opção para quem não está se importando muito com a variedade de aplicativos do Windows Marketplace, vale lembrar que a lojinha cresce a cada dia e já ultrapassou os 100 mil apps. O aparelho apesar de suas especificações modestas, dá conta do recado e faz praticamente todas as tarefas com excelência, como disse acima, ele não travou nenhuma vez, a não ser na reprodução de vídeos em Full HD, fora isso, é um dispositivo que irá lhe oferecer muita agilidade.

Está procurando algo diferente, com um preço bom e não está afim de um Android? Vá de Lumia 710, ótimo custo/benefício.