Review Monitor Philips Brilliance 2 em 1 (19DP6QJNS/57)

A Philips apresentou no começo do ano a linha de monitores Brilliance. Um deles foi o Brilliance 2 em 1, voltado para os usuários que buscam mais produtividade. Seu grande diferencial é a construção única, que une duas telas móveis de 19 polegadas de proporção 5:4, formando um grande monitor de 32 polegadas. Tive a oportunidade de testá-lo e conto aqui a minha experiência.

Review Moto E de 2ª geração (2015)

A segunda geração do Moto E gerou surpresa quando foi anunciado. O aparelho veio com melhorias no hardware e além da adição nos números técnicos, houve adição no preço. O smartphone já não pertence aos chamados "modelos de entrada" e agora ocupa o nível intermediário, custando entre 569 e 729 reais. O que me leva a compará-lo diretamente com o Moto G, que custa entre 699 e 899 reais. Nas próximas linhas apresento os pontos negativos e positivos do Moto E 2015.

Review Motorola Moto Maxx

A Motorola começou a apostar nos números em 2014. O Moto G e Moto X cresceram, ganharam hardware mais robusto, mas mantiveram os preços atrativos. Ficou uma lacuna para smartphones acima dos R$ 2.000 no portfólio da companhia e o Moto Maxx chegou para ocupá-la. Os números ficaram ainda maiores, com tela QuadHD, processador quad-core de 2.7 GHz, 3GB de memória RAM, câmera de 21 megapixels e sua característica principal: uma bateria enorme. Deu certo? Abaixo estão as minhas impressões sobre o aparelho.

Review Moto X (2014) 2ª geração com Android Lollipop

Em 2013 eu escrevi o porquê o Moto X era o melhor smartphone Android daquele ano. O aparelho da Motorola conseguiu mostrar que não era necessário ter um hardware super potente para ser o melhor custo benefício e que o software poderia conter o mínimo de modificações possíveis. Um ano depois a companhia lançou a segunda geração, aparando algumas pontas e aperfeiçoando o que já era bom. Mas será que todas as modificações foram positivas?

Review Moto G de 2ª geração (2014) com Android Lollipop

O Moto G chegou com o objetivo de redefinir o mercado intermediário dos smartphones e cumpriu sua tarefa de forma louvável. Demorou para que um concorrente a altura aparecesse e até mesmo aparelhos que custavam pouco mais de mil reais não conseguiam bater de frente com o seu custo benefício. A Motorola ouviu o que os consumidores falaram sobre o seu smartphone e tentou aparar as pontas soltas nessa nova geração. Nos próximos parágrafos, você irá saber o que continuou sendo positivo, o que melhorou e o que ficou faltando no Moto G de 2ª...

Review Sony Z3 Compact

Lançar versões compactas de seus topos de linha faz parte da estratégia de algumas fabricantes, a aposta é interessante mas costuma deixar os consumidores frustrados já que os aparelhos sempre possuem especificações mais básicas. A Sony decidiu fazer diferente com o Z3 Compact e manteve a maioria dos componentes do seu irmão maior. Será que deu certo? É o que contarei neste review.

Review LG G3 – a melhor tela entre os Androids

O LG G3 foi um dos primeiros smartphones a se equipar com uma tela de resolução absurda. Chamada de Quad HD, a resolução representa quatro vezes o número de pixels que temos numa tela HD (720p), ou seja, são 1440 x 2560 pixels em um display de 5.5 polegadas. Há quem diga que esses números altíssimos são desnecessários, estão aí para comer bateria – o que não deixa de ser verdade – no entanto, a busca pelas especificações cada vez mais robustas é uma evolução natural e positiva para o mercado. Esse é apenas um...