steve-jobs-biografiaSegunda-feira, dia 24 de outubro, a tão aguardada biografia de Steve Jobs será lançada, com certeza teremos muitas revelações sobre o que Steve pensava e o que ele queria. A Associated Press conseguiu uma cópia antecipada e soltou algumas coisas que está no livro.

Uma das grandes raivas de Jobs era a respeito do Android, ele não se conformava com o “roubo” das ideias do iOS para serem usadas no sistema do Google e segundo ele mesmo, seu objetivo era exterminar o Android. Não importava dinheiro, nada, apenas queria que aquele sistema não existisse mais, porém, esse mesmo se tornou líder em marketshare alguns anos depois de seu lançamento.

Eric Schmidt, CEO do Google, trabalhava nas duas empresas ao mesmo tempo, ele era membro do conselho de diretores da Apple, saiu de lá em 2009 por todos os conflitos de interesses que haviam acontecido e estava acontecendo, em um café Jobs disse ao CEO do Google:

“Eu não quero o seu dinheiro. Se você me oferecer 5 bilhões de dólares, eu não vou querer. Eu estou cheio de dinheiro. Só quero que vocês parem de usar nossas ideias no Android, é tudo o que eu quero.”

Nós sabemos que a Apple ainda está tentando matar o Android, vários processos contra quebra de patentes em vários países contra várias empresas, mas ainda assim o robô continua crescendo mais e mais.

“Eu vou usar meu último suspiro até a morte se eu precisar, e vou usar cada centavo dos US$40 bilhões da Apple no banco para consertar este erro.”

“Eu vou destruir o Android, porque é um produto roubado. Estou disposto a abrir uma guerra termonuclear nisso.”

Informações | Gizmodo