Tami Reller, recém chegada ao cargo chefe do Windows (após saída de Steven Sinofsky), veio nesta terça-feira (27/11) por meio da Credit Suisse 2012, Conferência Anual de Tecnologia, anunciar que a Microsoft vendeu 40 milhões de licenças de seu novo sistema operacional. Tudo isso em cerca de um mês de disponibilidade no mercado.

Sua loja de apps no primeiro dia havia mais aplicativos que qualquer outra do gênero. Hoje a Windows Store já conseguiu dobrar o número, gerando uma renda de US$ 25 mil segundo a Microsoft.

O Windows 8 aos poucos está deixando o Windows 7 para trás em termos de atualizações, que teve em seus dois primeiros meses 60 milhões de cópias vendidas. Assim, podendo afirmar que os consumidores estão interessados na nova interface do sistema. Porém, mesmo com o grande número de usuários fazendo updates, a empresa não está vendendo tantos PCs com o Windows 8 instalado de fábrica conforme esperado.

A empresa ainda não divulgou os números das vendas de seus tablets, Surface e RT. Números que provavelmente serão menores que o previsto. Seu novo sistema e seus novos gadgets contaram com uma campanha de marketing de US$1,5 bilhão. A Microsoft aposta alto para se reerguer e disputar clientes com os principais nomes da atualidade.

E você, já caiu em tentação e fez o update do Windows 8?

Informações | BGR, TechnoBuffalo