A companhia chinesa Lenovo, comprou a brasileira CCE por R$300 milhões e pretende ser a líder em vendas de computadores aqui no Brasil, tentando tirar o posto que hoje é da Positivo. A compra pode ainda subir em R$400 milhões se alguns indicadores de desempenho forem cumpridos pela CCE até 2016.

A empresa disse que irá manter a equipe administrativa da CCE, já que o lucro da empresa no ano passado foi de 1,6 bilhão.

“Nos últimos anos estabelecemos uma posição número um em mercados emergentes e esperamos fazer o mesmo no Brasil. Atuamos forte nos grandes mercados emergentes. Somos dominantes na China, estamos em terceiro na Rússia e em primeiro na Índia, e estamos investindo pesado no Brasil.”