Imagem-Publi
Um homem de Sichuan, na China, reencontrou sua família depois de 23 anos, encontrando seu caminho de casa, graças, em parte, ao Google Maps. A rede de notícias de Fujian - Nhaidu - relata que Luo Gong, então com cinco anos de idade, foi sequestrado a caminho da escola e levado para uma cidade no sudeste de Fujian, cerca de 1.000 quilômetros de distância.

Não sabendo o nome de sua cidade, Luo não tinha nenhuma maneira de encontrar o caminho de volta, a sua única memória do lugar eram duas pontes próximas. Ao descobrir um site dedicado a reunir crianças desaparecidas com as suas famílias, Luo postou um mapa aproximado de onde ele cresceu, o que eventualmente foi descoberto por um voluntário. A partir daí, Luo descobriu que uma família na cidade de Guangan tinha perdido um filho há 23 anos. De posse do nome da cidade, Luo teria usado o Google Maps para rastrear seu bairro, finalmente encontrando as duas pontes.
googlemaps-cuponsmagicos
É muito provável que a família adotiva de Luo enfrente acusações relacionadas com o seu rapto, mas a busca dele finalmente acabou - graças, em parte, ao advento da tecnologia de mapeamento. "Todos os dias antes de ir para a cama, eu me forcei a lembrar os momentos na minha antiga casa."

Se realmente o Google Maps auxiliou o Luo nessa busca ou se o Google está se aproveitando dessa notícia para gerar buzz, somente uma coisa é certa, muita gente já se perdeu e usou o Maps para achar o caminho, ou para ver onde fica algum endereço (coisas que eram feitas antes com mapas e as famosas listas telefônicas). E para usar toda essa facilidade, que tira até o lugar de um aparelho GPS, é importante ter um smartphone novinho com sistema Android, que pode ser comprado com um cupom desconto Fast Shop, benefício da parceria com o portal Cupons Mágicos.