Como de costume, Tim Cook subiu ao palco do teatro Califórnia hoje e começou falando sobre os impressionantes números da Apple nos últimos meses. O CEO da Apple informou que a recepção aos novos iPods Nano e Touch foi fantástica, foram três milhões de unidades vendidas desde o lançamento. Além disso, Tim também disse que 200 milhões de dispositivos ao redor do mundo já estão utilizando a versão mais recente do sistema operacional móvel da empresa: iOS 6.

Sem mais delongas, vamos ao que interessa: a começar pelo novo MacBook Pro de 13 polegadas equipado com tela retina. Em junho, a Apple introduziu o modelo de 15 polegadas, até então o melhor Notebook já feito pela empresa. Muito se falou em um modelo de 13 polegadas equipado com tela retina, e hoje a Apple finalmente revelou ao público a impressionante novidade.

A espessura do novo MacBook Pro Retina impressiona, com apenas 0.75 polegadas ele é 20% mais fino que o modelo tradicional e pesa apenas 1.58KG. De acordo com a Apple, o MacBook mais leve já feito. Assim como no modelo Retina de 15 polegadas, a Apple decidiu remover o leitor de CD/DVD. Ele conta com duas entradas Thunderbolt, leitor para cartão SD, saída HDMI e duas portas USB 3.0.

O modelo de entrada vem com um SSD de 128GB para armazenamento, mas o consumidor pode optar por até 768GB. Ele sai por R$ 6.999,00. Já uma versão mais avançada, cuja única diferença é o armazenamento SSD de 256GB, sai por R$ 8.299,00. Ambos os modelos contam com Intel Core i5 Ivy Bridge de 2.5GHz como processador, que pode ser substituído por um i7 de 2.9GHz, 8GB de RAM e Intel HD Graphics 4000.

Mac Mini

Sem mudanças visíveis no exterior, agora são três modelos de Mac Mini. O de entrada tem processador Intel core i5 dual-core de 2.5GHz, 4GB de RAM e 500GB de HD. O modelo mais avançado conta com Intel Core i7 quad-core de 2.3GHz, também 4GB de RAM e 1TB de HD. Um modelo mais avançado ainda, para ser utilizado como servidor, conta com as mesmas especificações técnicas desse último. Porém, ao invés de um HD de 1TB, o computador possui dois.

O Mac Mini agora é equipado com quatro portas USB 3.0, uma entrada Thunderbolt, saída HDMI e slot para cartão SD. A versão de entrada do novo Mac Mini subiu de R$ 1.799,00 para R$ 2.499,00, a versão mais avançada sai por R$ 2.499,00 e o modelo servidor custa R$ 4.199,00. Assim como o MacBook Pro Retina de 13 polegadas, a nova geração do Mac Mini começa a ser vendida hoje.

iMac

O design do iMac não mudou muita coisa em comparação com sua geração anterior, o novo modelo ficou consideravelmente mais fino com apenas 5 mm de espessura. Sobre especificações técnicas, cada modelo do iMac vem com processador Intel Core i5 de 2.7GHz ou 3.2GHz, porém o consumidor pode optar pelo i7 de 3.4GHz. O novo iMac utiliza novos chips gráficos da NVDIA que garantem um desempenho até 60% melhor que o da geração anterior, o comprador pode escolher entre a GeForce GT 650M ou GeForce GTX 680MX.

O novo desktop tem até 3TB de armazenamento HDD ou 768GB em SSD, mas uma nova tecnologia introduzida hoje também merece destaque: Fusion Drive. Ela consiste em combinar um disco HDD e um SSD em um único volume, e gerencia seus dados de forma automática: o sistema operacional e os dados mais utilizados ficam no SSD, os menos utilizados são guardados no HDD. Isso garante uma maior velocidade na inicialização do sistema e no uso do computador.

Os preços da nova linha de iMacs também não foram informados na Apple Store brasileira, sabe-se apenas que o modelo de 21.5 polegadas vai começar a ser vendido no país em novembro e o de 27 polegadas chega em dezembro ao mercado nacional.