Pode até soar estranho que minha concepção de “saudosismo” seja semelhante com a de uma pessoa nascida bem antes, sendo que eu só vim a nascer no áureo ano de 1993. Realmente não me recordo em qual ano fui apresentado aos jogos eletrônicos, mas lembro de que o meu primeiro contato com o mundo dos games se deu através de um icônico Atari 2600 – que havia pertencido a minha mãe e tias – e já cheguei a ir a locadoras para jogar Super Nintendo! (descontinuado quando eu tinha apenas três anos) Ou seja, apesar da “pouca estrada”, posso dizer com orgulho que consegui pegar a melhor época dos games. Afinal, jogar Super Mario World na infância é de vital importância na formação do caráter de uma pessoa.

Então o SupaBoy SNES, um dispositivo que emula o antigo console, me traz um sentimento de nostalgia tão grande quanto o de uma pessoa nascida antes de 1990 e que conseguiu pegar toda a época do clássico Super Nintendo. Aliás, o SupaBoy oferece uma experiência ainda mais completa que os dispositivos capazes de emular o console, pois para jogar no dispositivo os consumidores irão precisar tirar a poeira dos seus velhos cartuchos.

Equipado com tela LCD de 3.5 polegadas o design do portátil reflete os controles originais do SNES e isso certamente proporciona uma experiência mais completa ao comprador. Por utilizar os cartuchos originais, o dispositivo é um pouco mais espesso que os demais.

Além disso, o SupaBoy conta com duas portas compatíveis com os controles originais do Super Nintendo e saídas de áudio e vídeo, permitindo que dois jogadores utilizem-no em uma TV atual. Aos interessados, o dispositivo pode ser adquirido por US$ 80 dólares no site oficial da fabricante.