Vocês se recordam da linha de aparelhos celulares, denominada RAZR? Essa linha, basicamente, era composta por edições especiais – mais finas e leves – de vários dispositivos lançados pela empresa entre os anos de 2004 e 2007. No longínquo ano de 2005 aqueles que possuíam um icônico RAZR V3 eram tratados como fidalgos, lembram? Mas o brilho dessa linha gradativamente foi ofuscado e a Motorola achou melhor descontinuá-la.

Recentemente a empresa lançou o Motorola Droid RAZR, um aparelho atual e dotado de especificações técnicas consideravelmente impressionantes, que conversa a tradicional “elegância” da antiga linha de celulares. O novo Droid RAZR possui detalhes de vidro esculpido e alumínio usinado com diamante e, se por fora ele não decepciona quem procura um smartphone visualmente bonito, por dentro ele também não não faz feio.

O RAZR conta com uma tela Super AMOLED de 4.3 polegadas, processador dual-core de 1.2GHz, 1GB de RAM, câmera traseira de 8 megapixels e capacidade de capturar vídeos em HD 1080P, câmera frontal também HD, 32GB de armazenamento – 16GB internos e outros 16GB em um cartão de memória incluso – e roda o Android em sua versão 2.3.5.

Além disso, o aparelho é revestido com a fibra sintética Kevlar e a tela conta com a tecnologia Gorilla Glass, o que o torna extremamente resistente. A Motorola também anunciou o lançamento de um lapdock, semelhante ao existente para o Atrix, para o Droid RAZR.

Esse impressionante aparelho vai começar a ser vendido em terras brasileiras no dia 16 de novembro, pela bagatela de R$ 1.999,00 reais.

Informações | Google Discovery