Apresentada em 2009, a quinta geração do iPod Nano foi a primeira e única a contar com uma câmera fotográfica embutida. Nada de muito impressionante, afinal a câmera não era lá muito competente e não servia nem mesmo de quebra galho, mas ainda assim era um “diferencial” entre os demais players de música do mercado. Já em 2010, com o lançamento da sexta geração, a Apple reformulou completamente o design do iPod Nano: ele passou a contar com um formato muito mais reduzido e a não ter mais uma câmera embutida. Uma decisão incomum por parte da empresa da maçã, porém de certa forma esperada, pois seria difícil para um dispositivo tão compacto comportar uma câmera.

Ainda no ano passado, o site Apple.pro mostrou imagens de supostos cases da sétima geração do aparelho e as fotos revelavam que ele novamente contaria com uma câmera. Acabou 2011 e os iPods Nano permaneceram praticamente inalterados, sem muitas alterações significativas em comparação com a geração anterior. Mas recentemente o site voltou a divulgar a possibilidade da nova geração do produto contar com uma câmera e, inclusive, chegou a liberar novas imagens que reafirmam o boato.

Ainda não se sabe se a informação é real, na verdade só vamos descobrir quando a Apple apresentar a nova geração dos seus players de música. No entanto, acho a alteração desnecessária por três simples motivos: câmera de baixa qualidade (1.3MP, de acordo com o rumor), tela e gadget pequenos demais para tornar a experiência de capturar imagens com o dispositivo agradável.

O que você acha dessa mudança? E, embora seja difícil que ocorra um aumento no preço, você pagaria mais por um iPod Nano com câmera integrada?