Vimos na terça-feira o lançamento do iPad Mini, desde então venho lendo algumas opiniões de alguns blogs internacionais, em sua maioria opiniões positivas a respeito do tablet com tela de 7,9 polegadas da Apple. Estão falando muito bem da "pegada" do dispositivo, do material usado na fabricação e do desempenho dele.

O tablet é realmente fino e leve, mas alguns pontos deixaram os consumidores com uma dúvida: será que não vale a pena esperar pela segunda geração do gadget? Espera-se que na segunda geração a Apple introduza um processador A6 (usado atualmente no iPad de quarta geração) ou superior a ele e a tela de retina, além de é claro ele ficar mais leve e fino como naturalmente ocorre na maioria das evoluções dos iGadgets.

A Apple não colocou tudo o que ela poderia colocar no iPad Mini, como nós já dissemos, ele parece um iPad 2, porém com o tamanho reduzido. A Maçã poderia ter deixado ele com especificações tão boas quanto o iPad 4G, mas decidiram poupar um pouco agora e fazer com que muitos consumidores troquem pela segunda geração daqui a algum tempo.

Mas vale lembrar que nós não temos nenhuma certeza se haverá uma segunda geração, nem quando ela será lançada... Pode demorar, mas acredita-se que irá se seguir o ciclo dos outros aparelhos, daqui mais ou menos um ano a Apple prepara a renovação de toda a linha de tablets.

Se você precisa de um tablet com tela menor e está em dúvida entre uma das opções Android do mercado e ele, posso afirmar que a experiência do iOS em tablets é superior a do Android, apesar de que ainda não testei o Android 4.1 Jelly Bean em um tablet, pelo que tenho lido, a nova versão do sistema melhorou muita coisa em relação a experiência de uso.
ipad-mini-verge
Se for para comparar o iPad Mini com outros tablets Android, compare com aqueles que estão disponíveis por aqui.

Não acho justo para comparar o Kindle Fire HD e o Nexus 7 com o iPad Mini no mercado brasileiro, as duas opções Android não estão disponíveis aqui, e ao que tudo indica o tablet da Apple virá para o nosso mercado. Claro que é possível adquirir qualquer um dos tablet por sites como o MercadoLivre, ou pedindo para alguém trazer de fora, mas não é uma opção viável para todos.

Se você se interessou pelo iPad Mini mas não precisa de um tablet de 7 polegadas agora, espere pela segunda geração, certamente ela virá com algumas melhorias. Mas, se você quiser mesmo assim comprar o iPad Mini agora, a tela de retina e o processador A6 irão tornar seu dispositivo "obsoleto", ele continuará dando conta do recado por um bom tempo. É uma opção interessante para quem está procurando algo mais portátil e um pouco mais barato, esperamos que ele chegue por cerca de R$ 1000,00 a R$ 1200,00, um preço menor do que o valor atual do iPad 2.


Recomendo a leitura (em inglês) de algumas das impressões que alguns blogs postaram sobre o iPad Mini: The Verge, Pocket-Lint, Engadget e CNET.