Ontem, Steve Jobs, apresentou o iPad durante um evento da Apple em San Francisco

Ao abrir o evento, Steve Jobs, disse: "Queremos começar 2010 ao lançar um produto mágico e revolucionário". Depois de inúmeros rumores, o iPad se confirma como o tablet da Apple.

O iPad permite navegar na internet, ver vídeos e ouvir músicas, com downloads direto da iTunes Store. A tela de 9,7 polegadas é sensível a toques e permite digitar em um teclado virtual. O iPad usa um processador Apple A4 de 1 GHz, tem conectividade Wi-Fi (padrão 802.11n), armazenamento de 16 GB a 64 GB (em memória Flash), Bluetooth 2.0, alto-falantes, microfone e bateria que dura até 10 horas.


O tablet da Apple usa o mesmo sistema operacional do iPhone. É possível rodar aplicativos do smartphone em tela cheia no iPad.

A versão com 3G será vendida com exclusividade pela operadora AT&T nos Estados Unidos, com planos especiais de dados para o aparelho (US$ 14,99/mês para 250 MB, US$ 29,99 para acesso ilimitado). Na versão apenas com Wi-Fi, o iPad vai custar US$ 499 (16 GB), US$ 599 (32 GB) e US$ 699 (64 GB). Com 3G, coloque aí mais US$ 130 a cada aparelho.
Segundo a Apple, o iPad na versão com Wi-Fi começa a ser vendido em 60 dias. Com 3G, em 90 dias nos Estados Unidos.

Quando será que ele irá ser vendido aqui, em território nacional? Segundo a AppleBR, o lançamento aqui depende da ANATEL.