O mercado de computadores All-in-One ainda está longe de ser um gigante, principalmente no Brasil. Entre os modelos mais populares estão os iMacs e alguns outros dispositivos que rodam Windows. A AOC aposta numa abordagem diferente para o sistema operacional da sua quarta geração de All-in-One utilizando o Android. A empresa lançou a linha EVO para Android na última quarta-feira (20), os modelos chegam com a promessa de simplicidade e possuem preços agressivos.

São dois modelos: o EVO A2072PWH que possui tela de 19.5 polegadas, disponibilizado nas cores preta e branca, e o EVO A2272WHTN que possui display touchscreen de 21.5 polegadas e que será vendido somente na cor branca. Os dois se diferenciam apenas no tamanho e na resolução da tela, e modelo de 19.5" possui resolução de 1600 x 900 pixels, enquanto o modelo de 21.5" (com touchscreen) são 1920 x 1080 pixels.

Fora isso, as especificações são as mesmas: processador dual-core AmLogic AML8726-MX de 1,5 GHz (núcleos Cortex-A9), 1 GB de DDR3, 8 GB para armazenamento de dados expansíveis com SD de até 32 GB e webcam com 720p, dois alto-falantes com 2 watts de potência, quatro portas USB 2.0, conexão Wi-Fi e RJ45 (para cabo de rede). Ele foi lançado rodando o Android 4.1 Jelly Bean, no entanto, a empresa afirmou que uma atualização para a versão 4.4 KitKat deve chegar até o final do ano.

O teclado que acompanha o computador é específico para o sistema Android, com teclas para a Home, busca e controles de mídia. Os periféricos são conectados via porta USB e o computador não possui Bluetooth. Um dos pontos mais citados durante a apresentação foi a possibilidade de utilizar o EVO para Android como um segundo monitor, através das portas HDMI e VGA.

“Nós identificamos as crianças e seus pais como públicos alvo, já que são pessoas que buscam diversão e informação numa tela grande, de qualidade, mas sem se preocupar com complexas configurações, ajustes e instalações. Isso, só o EVO para Android entrega”, - gerente de produto da AOC, Elcio Hardt.

Apesar da proposta ser interessante, o produto parece mais útil em terminais fixos, como em cyber cafés ou como uma estação em quartos de hotel. Na própria apresentação, a empresa sugeriu esse uso. O fato do dispositivo rodar Android limita diversos usos, não apenas para a produção de conteúdo mas também para o consumo de entretenimento, como jogos para Android que precisam de sensores de movimento.

O EVO para Android de 19,5 polegadas já está disponíveis no varejo com o preço sugerido de R$ 899. O modelo de 21,5 polegadas chega ao mercado em setembro custando R$ 1.199.