Kindle-FireNa semana passada postamos aqui sobre o evento que a Amazon iria promover hoje e que seria nesse evento a apresentação do tablet da empresa. Pois é, e aconteceu mesmo, hoje a Amazon anunciou seu tablet que irá custar apenas 200 dólares.

O brinquedinho chama-se Kindle Fire, os rumores iniciais sugeriam que ele iria custar US$ 250,00 mas a companhia deixou-o mais barato ainda. Ele tem seu diferencial em relação aos outros, não é um super tablet com ótimas especificações, mas quem atingir outro mercado.

O Kindle Fire tem tela de 7 polegadas de IPS, a tela é melhor do que a do iPad e possui vidro Gorilla Glass, design minimalista, não terá 3G, apenas na versão Wi-Fi, não tem câmera, nem microfone, processador dual-core de 1GHz (não esperava isso, mas eles conseguiram colocar e ainda deixar barato), 512 MB de memória RAM, 8GB de memória interna para armazenamento, porta USB 2.0. Ele pesa apenas 414 gramas e tem 11.4 mm de espessura.

Basicamente, ele funciona na nuvem, assistir filmes, ler livros e outras funções são todas na nuvem, todas essas coisas são gerenciadas pela Amazon. A empresa criou um tablet que irá usar os seus serviços, até mesmo o market de aplicativos, será a Amazon App Store e não terá acesso ao Android Market. Como dito antes, o Android é o 2.2, porém totalmente personalizado pela Amazon e deixa o SO completamente diferente do convencional, com os aplicativos deles.

As vendas começarão a partir do dia 15 de novembro, mas já está em pré-venda no próprio site da Amazon. Achei ele muito atrativo, seu preço me agradou e as especificações técnicas também, mas já possuo um iPad, mas se não tivesse um, apesar de estar no Brasil, onde ele não será comercializado, seria uma das minhas possíveis opções.

E abaixo uma tabela comparativa entre Kindle Fire, iPad e Nook Color.
kindlefire-ipad-nookcolor