Serviços que prometem transformar smartphones em carteiras virtuais, viabilizando o pagamento pelo celular, ainda não são populares no Brasil. A maior parte deles utiliza o NFC e exigem uma máquina de cartão compatível com o protocolo. Diretamente de Vitória, a startup capixaba PicPay apostou no QR Code para trazer essa realidade ao nosso dia-a-dia.

Para fazer os pagamentos, basta escanear o QR Code disponibilizado pelo serviço nos estabelecimentos conveniados. O aplicativo solicita o valor da compra e a sua senha. Em seguida, envia o comprovante para o e-mail cadastrado. Ao todo, mais de 300 lojas no Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo já aceitam esta forma de pagamento.


PicPay-Nota-FiscalCarteira virtual

O valor desses pagamentos pode ser cobrado em um cartão de crédito previamente cadastrado ou a partir do seu saldo no PicPay, que opera como uma carteira virtual. É possível adicionar um conta bancária para a realização de transferências e saques a partir do app, além de enviar e receber pagamentos de contatos cadastrados no serviço.